sábado, 22 de fevereiro de 2014

O ACELERADOR DE PARTÍCULAS DE DEMÓCRITO

.
Em dia de inspiração, Demócrito disse que a matéria era constituída por átomos—o que significava indivisíveis—e acreditar que a natureza das coisas dependia das propriedades desses átomos,  sendo os da água macios e escorregadios, os do ferro duros e com ganchos para se unirem uns aos outros.
A conversa pode parecer ingénua mas, sabendo o que sabemos hoje sobre as ligações químicas, foi notável a analogia. Demócrito estava enganado quanto à indivisibilidade do átomo, mas a ciência actual não vai muito melhor. Primeiro descobriu-se que o átomo tinha electrões e não era indivisível; depois que tinha núcleo com protões e neutrões; a seguir que estes eram feitos de quarks; agora teoriza-se que quarks e electrões são feitos de cordas de energia; a seguir será preciso explicar de que são feitas essas cordas de energia; e, quando houver resposta, investigar o que é essa coisa de que são feitas as cordas de energia e rebabá. A matéria, afinal, é uma cebola que não pára de largar casca—uma trapalhada! Quanto mais se escava, mais aparece para escavar e o buraco não tem fim. Não tem fim porque qualquer que seja o achado, vem sempre a pergunta: de que é feito?
Numa conferência sobre Astronomia—suspeito que já contei a história—uma senhora idosa levanta-se no fim e diz agressivamente para o palestrante: "Isso são tudo balelas. Toda a gente sabe que o mundo está assente nas costas duma tartaruga". O palestrante pergunta-lhe: "E em que assenta a tartaruga? "ao que ela responde : "São tudo tartarugas até ao fundo"! Tal e qual—na Física moderna, a estrutura da matéria também é "tudo tartarugas até ao fundo".
Por isso, e ironicamente, existe hoje uma corrente entre os físicos de que é inútil escavar. Necessário mesmo é deduzir, adivinhar, teorizar, partir de princípios indiscutíveis e universais, de baixo para cima—em suma, fazer o que fez Demócrito: o acelerador de partículas de Demócrito estava na caixa dos pirolitos!
.

Sem comentários:

Publicar um comentário